31 2511-6468

NEXTEST - Contato - Fale conosco

Atendimento

Nextest - Busca no site
Bom dia - Hoje é Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

Em Redes GPON é realmente necessário os testes em 1490nm?

Data: 24/07/2012 10:07:18 P

NEXTEST - Notícias

Em Redes GPON é realmente necessário os testes em 1490nm? 

Testes com o OTDR

Atualmente a recomendação G.652 do ITU-T não requer a medição com o OTDR para a caracterização da rede (verificação das perdas nas emendas e conectores, detecção de possíveis macro-curvaturas,  atenuação, perda total no link) na janela de 1490nm, e sim somente em 1310/1550nm. O índice de refração e o coeficiente de retroespalhamento em 1490 são desconhecidos, podendo levar à resultados imprecisos. Além disso, as perdas nos conectores e nas emendas não são dependentes do comprimento de onda. Por exemplo, uma perda na emenda de 0,2 dB em 1550nm será exibida como sendo 0,2 dB também nas janelas de 1310nm ou de 1490nm. Um outro ponto importante nas Redes GPON são os splitters, por exemplo uma medição de perda em um splitter de 1x32 vai variar somente 0,3dB se compararmos as medições nas janelas de 1490nm e 1550nm, o que está dentro da tolerância e acrescenta muito pouco fazer essa medição. Por fim, com relação à possíveis macro-curvaturas na rede, quanto maior o comprimento de onda, mais sensível a fibra é à macro-curvatura. O OTDR pode detectar e localizar as macro-curvaturas através da comparação dos dois traços nas janelas de 1310nm e 1550nm simultaneamente. Em resumo, a medição com o OTDR em 1490nm não fornece nenhum valor adicional na detecção de macro-curvaturas.

Testes de atenuação (perda de inserção)

A atenuação em função do comprimento de onda tanto na banda S (1460 a 1530nm) quanto na banda C (1530 a 1565nm) é constante, resultando em pequenas diferenças em termos de atenuação. Ou seja, os resultados das medições de atenuação em 1490nm e 1550 são muito próximos, tipicamente em torno de 0,02 dB/Km. Para uma rede típica de PON com uma distância máxima de 10 km, teríamos uma diferença de 0,2 dB que está dentro da incerteza da própria medida. Em resumo, a diferença nos valores de atenuação em 1490nm e 1550nm podem alcançar no máximo 0,2 ou 0,3 dB, o que é aproximadamente 1% da perda total em todo o sistema que fica em torno de 30dB.    

Ativação da Rede

Como a rede PON tem o comportamento diferente da tradicional já que o sinal de downstream é enviado na janela de 1490nm (podendo transmitir video analógico também na janela de 1550nm) e o de upstream na janela de 1310nm, a verificação deve ser feita durante a ativação da rede com um Power Meter Seletivo capaz de medir a potência em cada comprimento de onda separadamente que é transmitido pelos equipamentos de rede (OLT e ONT).

 

Com isso, a nossa sugestão para a etapa de construção da rede seria fazer as medições de atenuação, ORL e caracterização dos eventos com o OTDR nas janelas de 1310/1550nm.

 

Já na etapa de ativação, obrigatoriamente será necessário um Power Meter Seletivo específico para as Redes GPON capaz de medir a potência nas janelas de 1310, 1490 e 1550nm.

 

Por fim, para a manutenção seria necessário um OTDR capaz de fazer a medição fora da faixa de operação da rede nas janelas de 1625nm filtrado ou 1650nm filtrado.

Visite nossa página de "produtos"
Autor: Nextest
Fonte: Nextest
Ver mais notícias